Notícias

Hospital psiquiátrico SUS: como internar alcoólatra e dependente químico

O Hospital psiquiátrico SUS representa um sopro de esperança para muitas famílias que enfrentam o desafio de lidar com transtornos mentais graves e dependência química.

Sendo assim, imagine Marta, uma mãe dedicada, que dia após dia vê seu filho João definhando devido ao vício em drogas. 

Com o coração partido e sentindo-se impotente, Marta descobre que o Sistema Único de Saúde oferece tratamento especializado e sem custo para a desintoxicação. 

Após buscar ajuda em um CAPS, ela consegue encaminhar João para um hospital psiquiátrico SUS, onde ele recebe o tratamento necessário para iniciar sua jornada de recuperação. 

Mas como fazer a internação? Quais são os hospitais que recebem? O tratamento é humanizado ou é a base de medicamento?

Se você se identifica com a história de Marta e tem algumas das dúvidas acima, continue a leitura e descubra tudo sobre o hospital psiquiátrico SUS! Além de suas instalações e como proceder para ajudar alguém em situação semelhante.

Boa leitura!

Hospital psiquiátrico SUS: o que é?

Hospital psiquiátrico SUS é uma instituição de saúde pública que oferece tratamento de graça e especializado para pessoas com diversos transtornos mentais e condições neurológicas. 

Nesses hospitais, são tratados transtornos mentais graves, como esquizofrenia, transtorno bipolar, transtornos depressivos graves, transtornos de ansiedade graves.

Além do mais, também realizam tratamento para transtornos obsessivo-compulsivos graves, transtornos de personalidade graves, e transtornos alimentares graves. 

Também lidam com casos de dependência química, incluindo problemas relacionados ao consumo de álcool, drogas ilícitas e medicamentos controlados.

Além disso, o hospital psiquiátrico SUS tem uma área especializada para crianças e adolescentes, onde são tratados transtornos mentais específicos dessa faixa etária.

Como por exemplo, transtornos de aprendizagem, transtornos de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH), além de casos de violência doméstica e abuso sexual.

Na área de neurologia, são tratadas condições como demência, doença de Alzheimer, epilepsia e doença de Parkinson.

Além disso, essas instituições também oferecem suporte em situações de crise que possam colocar o paciente ou outras pessoas em risco, além de avaliação e acompanhamento contínuo de pacientes com transtornos mentais crônicos. 

O objetivo principal é proporcionar um tratamento adequado e humanizado, visando a recuperação e o bem-estar dos pacientes.

Quais são os hospitais psiquiátricos do SUS conhecidos de SP?

Agora que você sabe o que é hospital psiquiátrico SUS, conheça as instituições mais renomadas aqui na nossa região e que possuem um atendimento excelente:

Hospital Psiquiátrico Sarad em Botucatu


(Foto SARAD – Botucatu)

Parte do complexo do Hospital das Clínicas de Botucatu, vinculado à UNESP, o SARAD (Serviço de Atenção e Referência em Álcool e Drogas) é especializado no tratamento de dependências químicas. 

Ele oferece uma abordagem abrangente que inclui internações e atividades em grupo, focando em uma recuperação holística dos pacientes​ (Hospital das Clínicas Botucatu)​.

Hospital Psiquiátrico Tereza Perlatti em Jaú

O Hospital Perlatti, localizado em Jaú, São Paulo, oferece tratamento humanizado em saúde mental, atendendo pacientes de 68 municípios. 

Possui 240 leitos para internação e uma equipe multidisciplinar, incluindo psicólogos, assistentes sociais, terapeutas ocupacionais, entre outros. 

Além da internação, o hospital também conta com um “Hospital Dia” e serviços ambulatoriais. 

Está comprometido com a reintegração social dos pacientes e oferece diversas atividades terapêuticas​ 

Hospital Psiquiátrico Manuel de Abreu em Bauru

O Hospital Manoel de Abreu, localizado em Bauru, São Paulo, é um hospital público que atende exclusivamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS). 

Este hospital se dedica a oferecer tratamento a pacientes com diversas necessidades de saúde, utilizando recursos financiados por impostos e contribuições sociais. 

Além do tratamento médico, o hospital promove campanhas de saúde pública, como doações de sangue, e valoriza a humanização no atendimento, recebendo visitas de estudantes de medicina que interagem com os pacientes.

Hospital psiquiátrico SUS atende dependente químico?

SIM! Os hospitais psiquiátricos do SUS atendem dependentes químicos. Normalmente, os tratamentos podem ser realizados de maneira voluntária, involuntária ou compulsória, com internações que geralmente variam de 15 a 30 dias. 

Esses hospitais têm filas de espera e o tratamento é baseado em medicação, acompanhamento psiquiátrico e psicológico.

Além disso, todos os hospitais mencionados, como o Hospital Psiquiátrico Sarad em Botucatu, Hospital Psiquiátrico Tereza Perlatti em Jaú e Hospital Psiquiátrico Manuel de Abreu em Bauru, são conhecidos por oferecer um tratamento humanizado. 

No entanto, o principal desafio enfrentado é a fila de espera para o acesso aos tratamentos.

Como fazer a internação de paciente no hospital psiquiátrico SUS?

Para realizar a internação de um paciente em um hospital psiquiátrico do SUS, você pode seguir este passo a passo detalhado:

1. Avaliação de urgência

Início do Processo: A internação psiquiátrica, especialmente para casos de desintoxicação, é tratada como um sistema de urgência e emergência. 

Isso significa que o processo geralmente começa em um serviço de urgência e emergência, como uma Santa Casa.

Abertura da Ficha: O paciente deve ir até uma Santa Casa ou unidade de pronto atendimento, onde uma ficha será aberta e ele será inserido no sistema com todas as informações relevantes, geralmente provenientes de encaminhamentos do CAPS (Centro de Atenção Psicossocial).

2. Tipos de internação

Internação Voluntária: Onde o paciente ou sua família solicita a internação. É necessário uma avaliação médica, e são feitos exames laboratoriais, avaliações psicológicas, sociais e de enfermagem.

Internação Involuntária: Solicitada por um familiar ou responsável sem ordem judicial, mas depende de avaliação médica para confirmar a necessidade. 

O paciente, geralmente, é levado à Santa Casa por serviços de emergência como ambulâncias ou bombeiros.

Internação Compulsória: Realizada contra a vontade do paciente e baseada em ordem judicial. 

O processo judicial só pode ser iniciado com uma indicação médica clara. Uma vez emitida a ordem judicial, a rede de urgência e emergência é responsável pelo encaminhamento do paciente.

3. Regulação da vaga

Espera e Encaminhamento: Após a avaliação inicial e inserção no sistema, o paciente aguarda a regulação da vaga. 

As vagas são alocadas conforme a disponibilidade e necessidade clínica do paciente.

Encaminhamento para um hospital psiquiátrico SUS: Uma vez que a vaga é concedida, o paciente é encaminhado para uma das instituições especializadas, como SARAD em Botucatu, Thereza Perlatti em Jaú, Manuel de Abreu em Bauru, ou Clemente Ferreira em Lins.

4. Foco na desintoxicação

Internações rápidas para desintoxicar: O foco principal dessas internações é a desintoxicação, com internações geralmente breves focadas na estabilização do paciente.

Observações

Desafios da Internação Involuntária: Sem respaldo judicial, pode ser difícil para os médicos assumirem a responsabilidade de uma internação involuntária devido à insegurança em realizar a contenção química sem ordem judicial.

Demanda de Avaliações: Para internação voluntária, além da avaliação médica, são necessárias avaliações social, psicológica e de enfermagem, com o acompanhamento do CAPS.

Sem fila de espera: CT Rezende é a solução

Agora que você sabe tudo sobre o hospital psiquiátrico SUS e que esse possui uma fila de espera, porque não cuidar de quem você ama agora mesmo?

Se a espera é um impasse para a recuperação do seu ente querido, há alternativas acessíveis e eficientes. 

A CT Rezende, localizada em Sorocaba no Caputera, é uma comunidade terapêutica que oferece tratamentos para dependência química e outros transtornos mentais sem a necessidade de enfrentar longas filas de espera.

 Com uma abordagem humanizada e uma equipe de profissionais dedicados, a CT Rezende oferece um ambiente acolhedor e estruturado, propício para a recuperação e reabilitação. 

Gostou dessa matéria? Precisa de internação rápida e facilitada? Fale com nossos terapeutas agora mesmo.

Renan Rugolo Ré

Publicado por
Renan Rugolo Ré

Postagens recentes

Vacina contra cocaína: o avanço da ciência contra dependência

A vacina contra a cocaína representa um marco na ciência médica brasileira, prometendo um novo…

% dias atrás

Como parar de jogar Tigrinho rápido: livre-se de jogos de azar!

Como parar de jogar tigrinho rápido é o desejo de muitos pais que percebem que…

% dias atrás

Adolescente usa drogas? Porque é nesta fase que muitos caem no uso?

Meu filho adolescente usa drogas? Essa é uma pergunta clássica muito comum que pais fazem…

% dias atrás

Este Website usa cookies

Saiba mais