O transtorno bipolar tem cura? Passos simples para o tratamento aqui!

Ser√° que o transtorno afetivo bipolar tem cura? Essa √© uma d√ļvida comum √© uma condi√ß√£o psiqui√°trica que afeta milh√Ķes de pessoas em todo o mundo e que leava uma pessoa a muitos prejuizos na sua vida.

Caracterizado por altera√ß√Ķes extremas de humor, que variam entre epis√≥dios de mania e depress√£o, o transtorno bipolar pode afetar significativamente a qualidade de vida das pessoas que sofrem com ele.¬†

Muitas pessoas se perguntam se o transtorno bipolar tem cura, mas a verdade é que, infelizmente, essa condição não tem cura. 

No entanto, existem muitos tratamentos disponíveis que podem ajudar a gerenciar os sintomas e permitir que as pessoas com transtorno bipolar vivam uma vida plena e feliz.

Por isso, continue a leitura e descubra se o transtorno bipolar tem cura? Como é feito o diagnóstico, qual é o tipo de tratamento e onde realizar. 

Boa leitura!ūüé≠

O que é transtorno afetivo bipolar?

O transtorno afetivo bipolar, tamb√©m conhecido como transtorno bipolar, √© um dist√ļrbio mental caracterizado por epis√≥dios de mania (euforia) e depress√£o.¬†

Durante os episódios de mania, a pessoa pode apresentar uma sensação intensa de energia, excitação e confiança, além de ter pensamentos acelerados, falar muito, ter ideias grandiosas, pouco sono e comportamentos impulsivos ou arriscados. 

J√° nos epis√≥dios de depress√£o, a pessoa pode se sentir triste, desmotivada, sem energia, ter dificuldades para dormir, mudan√ßas de apetite e pensamentos negativos, podendo chegar a idea√ß√Ķes suicidas.

Quais s√£o os sintomas da bipolaridade?

Os sintomas do transtorno bipolar podem variar significativamente de pessoa para pessoa e podem ser divididos em dois tipos principais: mania e depressão. 

Alguns dos sintomas de mania incluem:

  • Sentimento de euforia ou hiperatividade;
  • Fala acelerada;
  • Pensamento acelerado;
  • Impulsividade;
  • Grandiosidade;
  • Pouco sono.

J√° alguns dos sintomas de depress√£o incluem:

  • Tristeza persistente;
  • Falta de energia;
  • Dificuldade de concentra√ß√£o;
  • Mudan√ßas no apetite e no sono;
  • Perda de interesse em atividades que antes eram prazerosas;
  • Pensamentos suicidas.

Quais s√£o os sintomas da bipolaridade

Transtorno afetivo bipolar tem origens genéticas?

Embora ainda não se saiba exatamente qual a causa do transtorno bipolar, acredita-se que ele tenha origens genéticas.

Isso significa que pessoas com familiares que sofrem de transtorno bipolar têm maior probabilidade de desenvolver a condição do que pessoas sem histórico familiar. 

No entanto, outros fatores, como estresse, trauma ou uso de drogas, também podem desempenhar um papel no desenvolvimento do transtorno bipolar.

Como é feito o diagnóstico para transtono bipolar?

O diagn√≥stico do transtorno bipolar pode ser feito por um psiquiatra ou outro profissional de sa√ļde mental.

Eles geralmente farão perguntas sobre o histórico médico da pessoa, sua história familiar, bem como seus sintomas atuais e anteriores.

Al√©m disso, eles podem realizar exames f√≠sicos e psicol√≥gicos para descartar outras condi√ß√Ķes que possam ter sintomas semelhantes.

Veja também: Como vencer a dependência química? CT Rezende e MOARA

Tipos de Transtono Bipolar

Existem três tipos diferentes de transtorno bipolar

Ciclotimia

A ciclotimia é um tipo de transtorno bipolar mais leve, mas que ainda assim pode ser debilitante para quem o experimenta.

As pessoas com ciclotimia têm períodos de sintomas maníacos leves e depressivos leves, mas nunca chegam a ter episódios completos de mania ou depressão.

Bipolar tipo II

O bipolar tipo II é caracterizado por episódios de depressão mais graves e duradouros, além de episódios hipomaníacos.

Os episódios hipomaníacos são semelhantes aos episódios maníacos, mas menos intensos e geralmente não levam a comportamentos impulsivos ou arriscados.

Bipolar tipo I

O bipolar tipo I é o tipo mais grave de transtorno bipolar e é caracterizado por episódios completos de mania, seguidos por episódios de depressão.

Os epis√≥dios de mania podem durar dias ou semanas e podem levar a comportamentos impulsivos e perigosos, como gastos excessivos, sexo prom√≠scuo ou abuso de subst√Ęncias.

Quais s√£o os sintomas do bipolar tipo I

Os sintomas do bipolar tipo I incluem mania, depressão e episódios mistos, que apresentam sintomas de mania e depressão simultaneamente.

Durante os episódios de mania, a pessoa pode apresentar os sintomas mencionados anteriormente, como fala acelerada, pensamento acelerado, grandiosidade e pouco sono.

Durante os episódios de depressão, a pessoa pode sentir tristeza persistente, falta de energia, falta de interesse em atividades, mudanças no apetite e no sono e pensamentos suicidas.

Já nos episódios mistos, a pessoa pode sentir-se triste e desmotivada, mas também ter sintomas de mania, como pensamentos acelerados e irritabilidade.

5 medicamentos para transtorno bipolar

Existem v√°rios medicamentos que podem ajudar a tratar os sintomas do transtorno bipolar. Aqui est√£o cinco op√ß√Ķes comuns:

  1. Lítio: Este medicamento é frequentemente usado para tratar o transtorno bipolar e pode ajudar a estabilizar o humor e prevenir episódios de mania e depressão.
  2. Valproato: Este medicamento é frequentemente prescrito para pessoas com transtorno bipolar tipo I e pode ajudar a prevenir episódios maníacos.
  3. Lamotrigina: Este medicamento é usado principalmente para tratar a depressão bipolar e pode ajudar a prevenir episódios de mania.
  4. Carbamazepina: Este medicamento pode ser usado para tratar tanto episódios maníacos quanto depressivos.
  5. Antipsicóticos atípicos: Esses medicamentos podem ser prescritos para tratar sintomas maníacos ou mistos, bem como para ajudar a estabilizar o humor.

5 passos simples para o tratamento do transtorno bipolar

Aqui est√£o alguns passos simples que podem ajudar no tratamento do transtorno bipolar:

Procure ajuda profissional

O primeiro passo para gerenciar o transtorno bipolar √© procurar ajuda de um profissional de sa√ļde mental. Um psiquiatra ou psic√≥logo pode ajudar no diagn√≥stico e tratamento adequado.

Acompanhamento médico

√Č importante seguir o tratamento prescrito pelo profissional de sa√ļde mental e fazer visitas regulares ao m√©dico para ajustar o tratamento, se necess√°rio.

Autoconhecimento

Aprender sobre o transtorno bipolar e seus sintomas pode ajudar a identificar os sinais de alerta e gerenciar os sintomas.

Ter um estilo de vida saud√°vel

 Manter uma rotina saudável, com uma boa alimentação, sono adequado e exercícios físicos, pode ajudar a gerenciar os sintomas do transtorno bipolar.

Redução de estresse

Encontrar maneiras de reduzir o estresse, como meditação, yoga, ou hobbies relaxantes, pode ajudar a gerenciar os sintomas do transtorno bipolar.

Veja tamb√©m: Tratamento para a Depress√£o ‚Äď confira os melhores recursos

Qual a relação do TAB e do uso de drogas?

Pessoas com transtorno afetivo bipolar (TAB) têm maior probabilidade de desenvolver problemas relacionados ao uso de drogas e álcool.

Esse fen√īmeno √© conhecido como comorbidade, que significa a presen√ßa de mais de um transtorno em uma mesma pessoa.

A comorbidade entre TAB e uso de drogas ocorre por v√°rios motivos. Alguns indiv√≠duos podem usar drogas ou √°lcool como uma forma de aliviar os sintomas do TAB, como depress√£o, ansiedade ou ins√īnia.¬†

Além disso, o uso de drogas ou álcool pode desencadear ou piorar os sintomas do TAB, tornando o transtorno mais difícil de tratar.

Existem também evidências de que o uso de drogas pode aumentar o risco de desenvolver TAB em pessoas com predisposição genética para o transtorno. 

Por exemplo, estudos mostram que o uso de maconha na adolescência pode aumentar o risco de desenvolver TAB na idade adulta.

Portanto, é importante que pessoas com TAB sejam cuidadosas em relação ao uso de drogas e álcool, e que recebam tratamento especializado para ambos os transtornos, quando necessário. 

Um profissional de sa√ļde mental pode ajudar a identificar se existe comorbidade e a desenvolver um plano de tratamento que aborde os dois problemas.

Leia também: Tratamento para dependente quimico com TAB

Transtorno bipolar não tem cura mas o tratamento é aqui na CT Rezende

O transtorno bipolar n√£o tem cura, mas o tratamento √© aqui na CT Rezende. N√≥s oferecemos atendimento especializado para pessoas que sofrem com o TAB e suas comorbidades, com profissionais de sa√ļde mental altamente capacitados para ajudar nossos pacientes a viverem uma vida plena e produtiva.

Se você ou alguém que você conhece está lutando com o transtorno bipolar, não hesite em entrar em contato conosco e marcar uma consulta. 

Estamos localizados em Sorocaba e também atendemos na Clínica Moara em Itu. Teremos o maior prazer em ajudar você a encontrar o tratamento adequado para gerenciar os sintomas do transtorno bipolar.

Lembre-se: a recuperação é possível e estamos aqui para ajudar. Não desista da sua jornada de cura e bem-estar emocional. Entre em contato conosco e comece hoje mesmo a sua jornada de recuperação.

Conheça também: Localizar clínicas com  [DESCONTO] acesse aqui

Compare listings

Comparar

Damos valor à sua privacidade

N√≥s e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informa√ß√Ķes dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informa√ß√Ķes padr√£o enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poder√° clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poder√° clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informa√ß√Ķes mais pormenorizadas e alterar as suas prefer√™ncias antes de dar consentimento. As suas prefer√™ncias ser√£o aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necess√°rios

Estes cookies s√£o necess√°rios para que o website funcione e n√£o podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles s√≥ s√£o configurados em resposta a a√ß√Ķes levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicita√ß√£o de servi√ßos, tais como definir as suas prefer√™ncias de privacidade, iniciar sess√£o ou preencher formul√°rios. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alert√°-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website n√£o funcionar√£o. Estes cookies n√£o armazenam qualquer informa√ß√£o pessoal identific√°vel.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tr√°fego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais s√£o as p√°ginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informa√ß√Ķes recolhidas por estes cookies s√£o agregadas e, por conseguinte, an√≥nimas. Se n√£o permitir estes cookies, n√£o saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos atrav√©s do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe an√ļncios relevantes em outros websites. Eles n√£o armazenam diretamente informa√ß√Ķes pessoais, mas s√£o baseados na identifica√ß√£o exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se n√£o permitir estes cookies, ter√° menos publicidade direcionada.

Visite as nossas p√°ginas de Pol√≠ticas de privacidade e Termos e condi√ß√Ķes.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informa√ß√Ķes de rastreamento sobre os visitantes.