Dependência Química

Clínica de recuperação em Extrema – MG

Para acertar na escolha de uma clínica de recuperação em Extrema – MG, você precisa se atentar a alguns detalhes importantes. O objetivo deste artigo é te ajudar a fazer a melhor escolha. Continue lendo para saber mais!

O ano de 2020 foi um ano atípico e bem difícil para a maioria das pessoas. Isso, devido a pandemia do coronavírus que afetou o mundo inteiro desestabilizando a economia e tirando milhares de vidas.

Mas felizmente já temos vacinas cientificamente comprovadas e eficazes contra o vírus. Algo que nos dá esperança de vencermos essa pandemia o quanto antes e recuperarmos todo o tempo perdido.

Porém, existe um problema de saúde – e também social – que nos abala há muitos anos e que está difícil de ser vencido. Esse problema é a dependência química.

A dependência química é definida como um conjunto de fenômenos comportamentais, cognitivos e fisiológicos, que se desenvolvem após o uso repetido de determinada substância. Ou seja, ela é uma doença, legalmente reconhecida pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Segundo o Relatório do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC), em 2017, 5,5% (equivalente a 271 milhões de pessoas) da população mundial adulta havia feito o uso de algum tipo de droga. Para se ter uma noção mais clara, pode-se traduzir para 1 a cada 20 pessoas, aproximadamente.

No mesmo período, uma pesquisa realizada pela Fundação Oswaldo Cruz mostrou que 3,5 milhões de brasileiros eram usuários de drogas ilícitas.

No Brasil, a dependência química atinge 4 a cada 10 famílias. Ou seja, 40% das famílias brasileiras sofrem com algum caso de dependência química entre seus integrantes.

Como acertar na escolha de uma clínica de recuperação em Extrema – MG?

Existem diversas opções em clínica de recuperação em Extrema – MG. E talvez isso possa te deixar em dúvida sobre qual escolher.

E sua escolha deve ser certa, pois não podemos brincar com a dependência química. Estamos falando de salvar uma vida, provavelmente a vida de alguém que você ama, o que torna a coisa mais séria.

Uma clínica de reabilitação ruim, de procedência duvidosa, pode piorar muito a situação do dependente químico e sua família. Sendo que o objetivo seria totalmente o contrário.

Não é uma estratégia muito boa escolher uma clínica de recuperação somente pelo preço. Mas sim pelo valor, ou seja, pelo o que a clínica oferece.

Não significa que clínicas de reabilitação com preços mais acessíveis são necessariamente ruins. Mas desconfie de preços muito abaixo dos concorrentes. Pesquise preços e faça uma comparação entre as instituições.

Analise o tempo de atuação de cada estabelecimento. Geralmente as clínicas que estão prestando serviços a mais tempo são confiáveis. Uma clínica de reabilitação ruim não costuma durar muito tempo.

Além do tempo de existência da clínica de recuperação, também deve-se verificar como é a estrutura física do local.

O CT Rezende possuem unidades especialmente desenvolvidas para proporcionar ambientes confortáveis e seguros, onde cada detalhe é cuidadosamente pensado para oferecer aos pacientes o melhor e mais eficaz tratamento de reabilitação.

Se possível, converse com pessoas que já contaram com os serviços da clínica de reabilitação que você está pesquisando e analise a opinião de cada uma.

Agora que você já sabe como escolher uma boa clínica de recuperação em Extrema – MG, nós te convidamos a conhecer as unidades do CT Rezende Entre em contato conosco e nós iremos esclarecer todas as suas dúvidas!

jonatas

Publicado por
jonatas

Postagens recentes

Aumento do consumo de álcool e drogas durante a pandemia do coronavírus

Neste artigo nós vamos falar sobre o aumento do consumo de álcool e drogas durante…

% dias atrás

Clínica de recuperação CT Rezende no combate contra dependência química na pandemia

Neste cenário podemos contar com a clínica de recuperação CT Rezende no combate contra dependência…

% dias atrás

Dependência química e os sinais de que a internação é necessária

Neste artigo nós iremos falar justamente sobre a dependência química e os sinais de que…

% dias atrás

Este Website usa cookies

Saiba mais